O que fazer em Bruges: dicas, lugares imperdíveis e gastronomia.

Passar um dia em Bruges requer um pouquinho de planejamento só. O que eu recomendo é visitar as principais atrações da cidade, que estão listadas abaixo, e fazer uma incursão na gastronomia local.

A melhor forma de conhecer a cidade é caminhando. Você pode ir desde a estação de trem até o centro caminhando e parando para ver o que chamar a sua atenção. Veja como o percurso não é tão longo, são 1,7 km e pode ser feito em menos de 25 minutos.

Dica: caso não queira andar, pegue o ônibus de número 12 e desça direto na Grote Markt, leva aproximadamente cinco minutos e o trajeto só possui três paradas.

O que não pode faltar ao visitar Bruges: um tour pelos clássicos da cidade

Passeio de barco

Um passeio clássico na cidade, em pequenos barcos que percorrem os canais de Bruges, passa por suas pontes e mostram a cidade de outra perspectiva. A duração é de meia hora e é o passeio mais procurado na cidade.

Os passeios de barco partem de alguns pontos na cidade, sendo o mais famoso da companhia Boottchten Brugge, ao valor de 8 euros.

Grote Market/ Praça do Mercado – Principal praça da cidade.

A famosa praça da cidade, que concentra prédios históricos, restaurantes, lanchonetes e lojas. É por lá que você vai tirar fotos clássicas com a torre da cidade, com as bandeiras no centro da praça. Fuja um pouco dos restaurantes pega-turista que estão por lá.

Belfry/Belfort – Torre Campanário

São 366 degraus para chegar até o seu topo e se encantar com uma vista para a cidade. Do alto de seus 88 metros está um campanário com 47 sinos e que fazem uma sinfonia para lá de interessante quando badalam. Para subir na torre é encessário adquirir ingresso, ao valor de 10 euros.

Rozenhoedkaai –  Foto cássica em Bruges

Logo depois da Grote Markt você estará em um dos principais points da cidade. É por essa doca que partem os passeios de barcos na cidade. O Rozenhoedkaai é um ponto de encontro na cidade,c ercado de restaurantes e com uma ponte que dá acesso a Grote Markt. Uma dica por lá: vá a Casa Patata e prove as saborosas batatas fritas belgas com diversas opções de molhos!

Igrejas, capelas e basílicas.

Bruges possui lindas igrejas no seu centro histórico, duas delas merecem ser visitadas, são elas:

Igreja de Nossa Senhora/ Onze-Lieve-Vrouwekerk:

Famosa igreja por possuir uma estátua de mármore de Michelangelo que saiu da Itália enquanto ele era vivo, a Madona e criança, uma das atrações imperdíveis da cidade. A visitação a igreja é gratuita, porém para ver a estátua e o acervo do museu o ingresso custa 6 euros, e vale a pena, pela beleza e pela história

A igreja está aberta para visitação das 9h30 até as 17h, de segunda a sábado e aos domingos de 13:30 até as 17h.

Para maires informações sobre a coleção do museu e história da igreja vale a pena visitar o site oficial.

Basílica do Sangue Sagrado

Com uma bela arquitetura gótica, a igreja fica na Grote Markt, praça central da cidade. A fama da igreja deve-se a relíquia do sangue sagrado de Jesus, que fica guardado no altar. A relíquia é uma cápsula de vidro com um pedaço de tecido dentro. Não se sabe se a história do sangue sagrado de Jesus é verídica, mas muitos acreditam que é um pedaço de tecido que José da Arimatéia limpou o corpo de Jesus Cristo e que o Conde de Flandres recebeu a relíquia como presente, em Constantinopla, por volta do ano de 1150. A entrada na igreja é gratuita, mas para ter acesso ao museu e ver a relíquia é necessário pagar o ingresso, ao valor de 2,5 euros.

Site oficial: www.holyblood.com

Parques e praças.

Minnewaterpark

O parque onde está o Lago do Amor na cidade! Fica logo em frente à estação de trem e é a primeira atração da cidade vista por quem decide fazer um tour pela cidade caminhando.

Astridpark

O Astridpark ou o parque do gazebo é um pequeno parque e um recanto de tranquilidade. As atrações principais desse parque são o gazebo e a fonte no lago. É bem pequeno, mas vale a visita se você tem tempo para apreciar a cidade.

Com sorte, consegui pegar os Cisnes fazendo esse coração!

Apreciando a gastronomia.

Em Bruges existem certas iguarias que precisam ser provadas e são obrigatórias em um roteiro na cidade: a batata frita, o waffle, e o chocolate.

Waffles: O grande diferencial do waffle belga é o seu preparo, com açúcar de beterraba, que deixa ele mais saboroso. Em Bruges os waffles estão por todas as partes, e são sempre deliciosos! Experimente também com morangos, pêssego em calda, pêra em calda e com nutella!

O Oyya Ice Bar é uma referência na cidade para waffles, principalmente quando combinados com sorvete! Endereço:Noordzandstraat 01, aberto das 11h até as 19h, site: Oyya.be

Chocolates: o Dumon Chocolatier é um clássico em Brugges, mas estando na Bélgica qualquer lojinha de chocolate artesanal vai ser boa! Há também boas opções em food trucks e carrocinhas especializadas.

Batatas Fritas: Casa Patata ou qualquer ponto de venda na cidade (barraquinha ou food truck). Na Bélgica as batatas são servidas em cones ou pratos e acompanham muita maionese ou molhos, principalmente molhos com mostarda escura.

E sabe qual o segredo da fama das batatas fritas belgas!? Super douradas e crocantes as batatas fritas não são feitas com óleos vegetais, dos quais costumamos usar, e sim na gordura animal, bovina ou suína. Seu preparo também é diferenciado, passando pelo processo de fritura duas vezes!

Para quem curte frutos do mar, a pedida é o tradicional Moules frites, que são mexilhões com fritas. Esse prato é oferecido em boa parte dos restaurantes tradicionais

Cervejas: Várias opções na cidade! Quem aprecia uma boa cerveja a parada obrigatória é a cervejaria De Halve Maan que possui tradição em cervejas e oferece um tour com degustação, ao preço de 9 euros.  A loja The Bottle Shop possui mais de 400 rótulos a venda e é uma excelente loja de souvenir também!

De Halve Mann: Confira o menu em www.halvemann.be. Endereço: Walplein 26

The Bottle Shop: aberta todos os dias, das 10hs até as 18h30. Endereço: Wollestraat 13

Fora do circuito: Para quem quer economizar e não curte muito ir a restaurante ou prefere curtir mais a cidade: fast food! Existem algumas redes internacionais pela cidade como Mcdonalds e Pizza Hut assim como comidas locais expressas em food trucks. O Carrefour Express também possui uma variedade de opções para lanches rápidos.

Compras:

Bruges tem muitas lojinhas de souvenir, os mais tradicionais vendem tecidos bordados e rendas, mas os precinhos não são muito convidativos!

Chocolates: para quem quer economizar nas lojas de chocolates basta ir ao Carrefour Express! Existem opções de barras de chocolates belgas bem mais em conta do que em algumas lojas na cidade.

Mercado: Carrefour Express! Um pouco de tudo, ótimo para abastecer o frigobar e lanches rápidos. Existem algumas unidades pela cidade, uma delas fica bem na Grote Martk.

Roupas: existem alguns ateliês e lojas locais pelas ruas e também as grandes lojas internacionais como Zara, C&A e H&M.

Free Walking Tour:

Uma das coisas que eu gosto muito quando chego em um novo destino é procurar um free walking tour. Geralmente são guias locais, com as melhores histórias e dicas da cidade.

A Legends of Bruge realiza um tour gratuito e a pé pela cidade, com duração de duas horas. O tour começa na Grote Markt, em frente a estátua no centro da praça. Dependendo da estação do ano existem diversos horários durante o dia. Vale a pena consultar o calendário no site e conferir os horários na data desejada.

Imperdível: a beleza única de Bruges em um super vídeo em 4k

Como o tour é gratuito é sempre cordial deixar uma gorjeta para o guia no final do passeio!

Site: legendsofbruge.be

Passear pela cidade de noite.

Quando o sol vai embora, Bruges se transforma! A cidade fica linda de noite e vale a pena circular pela cidade nesse período do dia. O único porém é que ela fica bem vazia, mas isso ajuda a tirar belas fotos!

Dicas para quem vai fazer um bate e volta:

  • Caso vá fazer um bate e volta na cidade lembre-se de ir com um calçado confortável.
  • Verifique a previsão do tempo! Em Bruges é possível ventar, garoar, fazer sol e chover em um único dia! Casaco, cachecol e um guarda-chuva pequeno podem ser essenciais, dependendo da previsão.

    Veja também: Bruges qual a melhor época e quando ir.

  • Tente chegar antes das 10h da manhã (quando a maioria das lojas abrem) e sair por volta das 19h-20h, quando a cidade já fica vazia.

Confira todos os posts sobre Bruges, clique aqui.

 

Faça um comentário