Viajar com a CNH – Esse é um erro que muitos, mas muito cometem!

Como não há exigência do passaporte para viajar a países do Mercosul, muitas pessoas acham que podem viajar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) como identidade oficial.

GRANDE ENGANO!

A CNH só é aceita em voos domésticos – com origem e destino dentro do Brasil.
Para viajar a destinos internacionais que não necessitam de passaporte o documento oficial tem que ser a Cédula de Identidade Civil, mais conhecido como RG, que são emitidos pelos institutos de identificação dos Estados.

identidade-rg-oficial-voos-internacionais-caderno-de-viagem
E atenção, mesmo sem validade o RG tem que estar legível, em bom estado, com boas condições para identificação do titular – principalmente a foto.

A certidão/registro de nascimento não é aceita para voos internacionais.

Para menores também é obrigatória a apresentação do RG.  O menor tem que apresentar o RG também.

Carteiras da OAB, CREA, CRA, Identidade Militar entre outras também não são aceitas!

carteiras-identidade-conselhos-caderno-de-viagemOutros tipos de identificação oficial que são aceitas no Brasil também não servem para viajar para o exterior, tais como: carteira de identidade militar, carteira de associações profissionais como OAB, CREA e outros.

Muita gente não sabe dessa informação, acaba comprando passagem aérea para países do Mercosul e só na hora de fazer o check in no aeroporto descobre que não poderá embarcar. Além de perder o voo, perde também uma boa quantia com remarcação da passagem ou perda de parte ou total valor pago.

Não fique no prejuízo! Tire seu RG ou o seu passaporte caso vá viajar em breve para o Mercosul. O novo passaporte brasileiro, que passou a ser emitido em 2015, é válido por 10 anos!

novo-passaporte-dica-viagem-caderno-de-viagem

Documentos certos conferidos + destino internacional = uma ótima viagem!

Saiba mais:dicas para evitar transtornos ao passar pelo raio-x nos aeroportos.

Acompanhe também o Caderno de Viagem no Facebook! Curta a nossa página, clicando aqui!

Faça um comentário