Roma, uma das cidades mais caras da Europa para se hospedar na Europa!

E para ajudar você a escolher o seu local de hospedagem em Roma, o Caderno de Viagem conta um pouco das regiões preferidas dos turistas para se hospedar na cidade:

Região do Termini : para quem quer economizartermini-estacao-roma-regiao-apos-reforma-dicas-caderno-de-viagem
– Ótima opção para quem vem do aeroporto de trem, os hotéis estão a uma curtíssima caminhada da estação Termini.
– Concentração de hotéis e hostels mais econômicos, ótimo para quem quer economizar.
– Muitos pontos turísticos podem ser alcançados em curtas caminhadas, de 25 minutos.roma-termini-area-onde-ficar-caderno-de-viagem – Transporte público farto: trem, metrô e ônibus para todos os cantos.
– Na parte do dia, entre 9hs e 17hs é bem movimentado, mas a partir das 21hs o bairro fica sem vida e um pouco deserto.
– Não é uma região muito agradável nem bonita.

Trastevere: charme, acolhedor e boêmiotrastevere-roma-onde-se-hospedar-dicas-caderno-de-viagem– Bairro super charmoso, considerado o bairro dos romanos autênticos.
– Fora do circuito turístico, ou seja, menos agitado – ótimo para quem quer tranquilidade.
– Bairro fica depois do rio Tibre/Tevere (que é a tradução literal do nome Trastevere: atrás do Tevere).
– Possui ótimo comércio de rua, com lojinhas de marcas locais.Trastevere-Roma-Onde-Se-Hospedar-caderno-de-viagem
– Bairro tem vida noturna muito boa: bares, cafés e restaurantes, ótimo para quem gosta de boêmia!
– Os hotéis tendem a ter um preço acima da média, uma alternativa pode ser alugar um apartamento ou quarto para temporada.
– Não tem metrô, porém é servido de linhas de ônibus e tram.

Monti: o bairro alternativo, artístico e em ascenção.piazza-madonna-monti-roma-dicas-onde-ficar-caderno-de-viagem– Região nos arredores do Coliseo e está a poucos minutos do Termini.
– Possui duas estações de metrô (Cavour e Coliseo) e é servido de linhas do ônibus.
– Boa oferta de hotéis boutique, de design e de hotéis renovados.monti-onde-ficar-em-roma-dicas-caderno-de-viagem– Região calma e tranquila e ao mesmo tempo perto de pontos turísticos.
– Bairro concentra brechós, lojas vintages e de design, galerias e estilistas alternativos.
– Boas ofertas gastronômicas: pequenos restaurantes e cantinas com preços acessíveis.

Centro Histórico: perto de tudo e de todoscentro-storico-roma-onde-se-hospedar-dicas-caderno-de-viagem
– Muitos pontos turísticos estão a poucos passos: Fontana di Trevi, Piazza Navona, Panteão, Piazza di Spagna. Você estará no coração da cidade.
– Região bastante movimentada, com todo o tipo de comércio (da alta costura a lojinhas de souvenirs) e muitos turistas, durante todo o dia e noite.
– Excelente para quem quer estar perto de tudo e caminhar pouco.piazza-navona-centro-storico-roma-caderno-de-viagem
– Diárias dos hotéis costumam ser mais altas que os demais bairros.
– A única estação de metrô está no alto das escadarias da Piazza di Spagna.
– O trânsito é um pouco intenso na região.
– A região do Campo D’Fiori, que faz parte do Centro Storico, é mais tranquila e bem charmosa.

Quer saber mais sobre a capital italiana? Veja todos os posts sobre esse incrível destino.

Acompanhe também o Caderno de Viagem no Facebook! Curta a nossa página, clicando aqui!

Faça um comentário